sábado, 5 de abril de 2008

Direitos humanos para infratores das leis convencionais

Existem diversos tipos de transgressões sociais cometidos por uma pessoa: delitos por conta de sua necessidade de sobrevivência, crimes graves como assassinatos cometidos seja por esta estar envolvida numa organização criminosa e lucrativa ou por problemas mentais não resolvidos e divergências políticas, onde se prende alguém por ir contra a organização do estado(que deveria permitir livre expressão até um certo ponto- reprimir movimentos quando estes começassem a se tornar perigosos para a sociedade como um todo, como o nazismo, e não para seu próprio sistema, como lutas por libertação de um território, nesse caso, o estado Chinês já prendeu e até matou quem fosse a favor da libertação de Taiwan e Tibet).
Independente da categoria que se enquadra o infrator em questão, esse deve ser tratado com respeito, pois já está cumprindo com o crime que cometeu ao ser privado de liberdade, um dos principais direitos do ser humano, que só pode ser tirado por uma transgressão social séria que ameace a sociedade. Qualquer tipo de acontecimento que infrinjam os direitos humanos dos presidiário, seja tortura policial, superlotação nas celas(e combinação de presos de realidades distintas nelas- como pôr um assassino de sérios problemas psicológicos e um manifestante preso numa luta por libertação- que por sinal nem deveria estar preso) e más condições de higiene deve ser julgados e o estado processado por desrespeitar normas básicas numa sociedade séria e comprometida com o bem estar social.
Todo preso, seja na delegacia ou em presidiários, devem ter o direito a visitas, banho de sol e atividades que lhe tirem a ociosidade, afim de reeducá-lo para no futuro se conviver em sociedade(e mesmo que a pena seja tão alta que este jamais volte a ter liberdade, que a vida dele de privações tenha dignidade).
Muitos dos infratores são vítimas dessa sociedade injusta, que causam condições miseráveis para uma população que luta pela sobrevivência da forma que pode, e o sistema não lhe ajuda a crescer da forma legal. Sei que é fácil defender infratores quando nenhum destes nunca me tirou nada, mas quero continuar lutando pelo que eu acho justo sem agir passionalmente, e sim com a razão da justiça, do que pelo menos eu acho justo.

Um comentário:

Aparelho DVD disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If ossible gives a last there on my blog, it is about the Aparelho de DVD, I hope you enjoy. The address is http://aparelho-dvd.blogspot.com. A hug.